Atenção! O Portal dos Bancários RS utiliza cookies neste site, eles são utilizados para melhorar a sua experiência de uso e estatísticos.

PPR Banrisul | 04/01/2022
Plenária no dia 6 esclarece ACT do PPR

Na próxima quinta-feira, 6/01, funcionários(as) do Banrisul podem tirar dúvidas sobre o Acordo Coletivo de Trabalho do Programa de Participação de Resultados (PPR). Uma plenária chamada pela Fetrafi-RS, às 18h, vai esclarecer os principais pontos do texto antes da proposta ser levada às assembleias na sexta-feira, 07/01.

A minuta de ACT foi fechada após intensa negociação com o Banrisul; uma negociação com muitas idas e vindas. Após meses de pressão, o Comando Nacional conseguiu aprovar um aumento de 50% no target de escriturários.

Pela proposta, escriturários que atuam como plataformistas, caixas, atendentes e os sem função passam a receber um valor básico que pode chegar a R$ 4.917,60 em um ano, assim que a meta do lucro líquido atingir 100% do projetado. Hoje este valor é de R$ 3.278,40.

O aumento de de 50% é uma conquista importante. Primeiro, porque produz incremento de renda e de comissão para cerca de um quarto dos banrisulenses “esquecidos”, aqueles que só recebem uma RV (Remuneração Variável). A outra questão é que, se a proposta for aprovada, a função de escriturário passa a ser comissionada. Quando o lucro chegar a 80% do lucro presumido, um gatilho dispara e já garante 50% do valor básico.

Com esse avanço, os integrantes do Comando Nacional dos Banrisulenses levam às assembleias a orientação de aprovação da proposta.

É preciso enxergar o ACT do PPR como um avanço estrutural. Além de considerar o cargo de escriturário como comissionado, extingue as diferenciações que transformaram escriturários em plataformistas e os fazem-tudo nas agências (especialmente pessoal da retaguarda). O novo ACT reconhece a importância desses bancários (as) como fundamentais para a construção do resultado do banco.

Outra questão fundamental e que se transformou no espírito da reta final da negociação diz respeito à tarefa de sempre dos colegas do Banrisul. Diante das ameaças, a organização do sistema de comissionamento é importantíssima para pensar metas do Banrisul, o que fortalece o Banrisul público.

Vigência

O ACT de PPR terá duração de um ano. Por isso, será importante que os(as) colegas que atuam nas agências falem com os sindicatos durante a vigência, tirem dúvidas e tragam dados para subsidiar os dirigentes sindicais de informações para posterior aperfeiçoamento do texto, uma vez que o acordo deverá ser renovado em janeiro de 2023 (caso seja aprovado nas assembleias do dia 7), em novas rodadas de negociações entre o Comando e a direção do banco.

Avanços obtidos na mesa para o ACT do PPR

- Quando o debate para construir ACT do Programa de Participação nos Resultados (PPR) começou em 8 de outubro, a direção do Banrisul propôs acabar com a PLR social do Banrisul (1,8% do lucro líquido distribuídos linearmente para todos os banrisulenses). A PLR foi mantida no regime atual.

- A direção do Banrisul queria fechar um ACT de PPR por dois anos. Os dirigentes conseguiram reduzir para um ano. Isso possibilita que os dirigentes coletem relatos dos banrisulenses e possam voltar à mesa de negociação para aperfeiçoar o PPR em 2022 e selar um novo acordo a partir de janeiro de 2023.

- Os dirigentes insistiram e pressionaram nas mesas de negociação para duas questões fundamentais. Primeiro, os Operadores de Negócios (ONs) não poderiam sair perdendo com a proposta e precisavam até ter avanços. Segundo, era que a base da pirâmide, quer dizer, aquelas funções que reúnem o maior número de banrisulenses fosse lembrada. O ACT do PPR passou a contemplar essa função “esquecida” que representa um quarto do quadro funcional do Banrisul. Com a reunião da terça-feira, 28/12, a comissão anual cresceu 50% no target de escriturários.

Participe da plenária do dia 6/01, às 18h, pelo Zoom https://us02web.zoom.us/j/84666618202?pwd=ZE1Sa29mQ0prY0U5V0NUZCtQWTc2QT09

ID da reunião: 846 6661 8202
Senha de acesso: 813799

OUTRAS MATÉRIAS
Movimento sindical | 19/01/2022
Bancários querem que bancos aumentem segurança sanitária
Retorno ao home office e controle do acesso de clientes são algumas das demandas do Comando Nacional dos Bancários para conter contaminações por Covid-19; bancos vão analisar demandas e responder à representação da categoria
Caixa | 19/01/2022
Metas continuam sendo cobradas dos trabalhadores, mesmo com alto número de casos de Covid-19 e Influenza
Metas continuam sendo cobradas dos trabalhadores, mesmo com alto número de casos de Covid-19 e Influenza
Home Office | 19/01/2022
Bancários querem que bancos aumentem segurança sanitária
Retorno ao home office e controle do acesso de clientes são algumas das demandas do Comando Nacional dos Bancários para conter contaminações por Covid-19; bancos vão analisar demandas e responder à representação da categoria